quinta-feira, 11 de agosto de 2016

2016: o pior congresso de todos os tempos (o Bunker)


(Traduzido de JWSurveyAté agora, você já deve ter visto o que se tronou conhecido como os vídeos do “Bunker” a serem exibidos durante os congressos de 2016. Os filmes são centrados em torno de um pequeno grupo de Testemunhas amontoadas em um porão convertido em um bunker improvisado, durante o período de turbulência mundial que a Torre de Vigia ensina que terá lugar pouco antes da batalha do Armagedom, conhecido como a Grande Tribulação.

A narrativa ocorre entre os personagens, cada um tendo um flashback de um momento que ocorreu antes de eclodir a Grande Tribulação. 

Os vídeos servem como recurso adicional de ensino para ajudar as Testemunhas de Jeová levar a sério as lições que o Corpo Governante quer que elas aprendam.

Mas o que são essas lições? Siga-me para o Bunker e façamos um exame detalhado dos eventos que a Torre de Vigia ensina estarem muito próximos, e sobre as ações e atitudes que, segundo ela, as Testemunhas terão que mostrar, a fim de sobreviver a eles.

Bunker 1 - orgulho

Bunker 1 tem a pretensão de ser um vídeo sobre os perigos do orgulho, e apresenta um ancião relatando um exemplo de quando o pecado do orgulho quase levou a melhor sobre ele. Explica como outro ancião em seu salão, presumivelmente o superintendente da Escola, deu-lhe algum feedback sobre erros que cometera enquanto fazia um discurso público.




Como é que a sua mulher reagiu a isso? Ela disse: “Será que ele tem razão?” Ou: “Você acha que o que ele disse tem fundamento?” Não. Ela diz:

Por favor, diga-me que você não discutiu com ele.

A mulher não está preocupada se o feedback é válido ou não. Sua única preocupação é se ele aceitou tudo sem questionar.  O marido responde:

Não, claro que não!

É como se a própria ideia fosse absurda. 

O que fica claro aqui é que a atitude “certa” é que a pessoa aceite sem questionar qualquer orientação dada por um ancião.  Sem avaliação. Sem requerer justificativas.




Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová – o que elas não lhe contam? (399 páginas)

Veja opções de download no final desta postagem


É saudável aceitar criticas construtivas, sim, mas alguém deve estar sempre preparado para ver suas críticas rejeitadas, se quem as sofre, depois de cuidadosa análise, acreditar que elas não sejam válidas. Para ser uma pessoa razoável, é vital encontrar este equilíbrio entre a mente aberta e a autoconfiança. 

O tipo de comportamento que está sendo apresentado aqui não é o de um indivíduo razoável, capaz de avaliar e aceitar críticas construtivas, mas sim o de um capacho intelectual, que vai aceitar cegamente qualquer orientação da autoridade e dizer “obrigado” no final. Na verdade, o grave erro aqui apresentado não é se ele discutiu a questão, mas que ele guardou ressentimento , embora o tenha cegamente aceitado.

Essencialmente, o que tinha sido apresentado desde o início como uma discussão sobre os perigos do “orgulho” se transforma em uma lição sobre aceitar sem questionar, e com um sorriso, as ordens dos representantes da Torre de Vigia.

Tenha isso em mente. Não vai ser a última vez que vemos esse tema da lealdade cega e inquestionável se esgueirando nas sombras durante a série Bunker.

Bunker 2 - entretenimento impróprio

Bunker 2 apresenta um jovem assistindo pornografia em seu telefone. 

Típico. 




O que ele ver exatamente é muito difícil de saber.  Ele afirma especificamente que não  está vendo pornografia, mas afirma que o material que está assistindo lhe está trazendo pensamentos imorais. Assim, é difícil decifrar exatamente o que ele estava assistindo. Filmes picantes?  Algo que mostra pessoas atraentes? Fotografias de catálogos? Em qualquer caso, ele nos diz que:

Qualquer coisa que desperta pensamentos impuros não vale a pena, e eu deveria desviar os olhos.

Isso é um comando bastante amplo. Não se pode simplesmente abandonar a experiência sensorial ou fechar os olhos toda vez que uma pessoa atraente passa por você na rua.

A sua reação diante desse vídeo pode depender de seu ponto de vista sobre a moral sexual, tal como apresentado pelas Testemunhas de Jeová, ou por crenças com ensinamentos semelhantes sobre sexo.  Se você compartilha desse ponto de vista, pode encontrar aqui pouco o que criticar, e sentir que o conselho também passa um ponto de vista espiritualmente puro sobre sexo. Outros podem considerar que isso torna o sexo repressivo e insalubre. Muito dependerá de seu ponto de vista subjetivo.

No entanto, pode ser que a Torre de Vigia esteja tentando fazer que as Testemunhas tenham um pouco de medo de seus telefones e internet, porque há uma coisa relacionada ao telefone que é mais perigoso para a Testemunha do que pornografia.

Essa coisa se chama Google. 

Na privacidade do seu smartphone, tudo o que uma Testemunha de Jeová tem que fazer é digitar algumas palavras em um motor de busca, tais como “abuso de crianças Testemunhas de Jeová”, ou “Testemunhas de Jeová omitem” ou mesmo apenas “Testemunhas de Jeová”, e, dos muitos sites que irão surgir em resposta, apenas um será o JW.ORG. Lembro-me sentado em uma reunião, em um dos discursos mais chatos, lendo os artigos do JW Survey em meu smartphone de confiança.  Um livre fluxo de informações entre seus seguidores não é algo que a Torre de Vigia seja a favor, e os smartphones de hoje são portais para todas as informações do mundo.

Bunker 3 - más associações

Bunker 3 trata da esposa do ancião que conhecemos no primeiro vídeo. Ela conta a experiência de como quase caiu na “má associação” no trabalho, quando seus colegas a convidaram para tomar um café com eles na hora do intervalo.




As pessoas no escritório parecem estar oferecendo amizade genuína, mas a amizade que a Testemunha está oferecendo em troca vem com um motivo oculto. Ela aparentemente não tem interesse neles como pessoas, assim como tem como potenciais recrutas para a sua religião. Como ela afirma:

Eu ainda pensei que poderia dar um testemunho e, na verdade, ensinar-lhes algo sobre Jeová.

Em um dado momento a vemos compartilhar um versículo, apenas para ficar horrorizada quando as pessoas com quem está falando oferecem uma opinião diferente da dela, como se eles não tivessem o direito de interromper suas tentativas de pregar. Ela fecha a sua Bíblia em estado de choque. Uma das colegas de trabalho sorri com conhecimento de causa e declara...

Não, informação demais!

Enquanto a maioria das pessoas intelectualmente saudáveis iria considerar que a troca de informações pode gerar algo bom, aqui é apresentado como algo que é prejudicial aos fiéis. Além disso, o vídeo deixa transparecer que seus amigos falando sobre suas famílias e maridos, um tema perfeitamente normal para a maioria das pessoas, era de algum modo alguma coisa ruim. A Testemunha lamenta...

Na realidade, eu era a única que estava sendo ensinada, e eu aprendi rápido.

Este vídeo apresenta a irmã como uma criatura fraca, sem individualidade, sendo levada para lá e para cá pelas opiniões daqueles ao seu redor. Nenhuma consideração é dada ao fato de que uma pessoa madura e racional deve ser capaz de avaliar os novos pontos de vista, decidir se eles são válidos, e rejeitar ou adotá-los em conformidade.

Mas não, ela é apresentada como sendo frágil e impressionável como uma criança pequena. Eu posso imaginar que muitas Testemunhas podem se sentir desconfortáveis e até ofendidas com o fato de o Corpo Governante supor que elas são assim impressionáveis e intelectualmente fracas.

Bunker 4 - medo do homem

Bunker 4 nos conta a saga de Kevin.





Kenvin é uma Testemunha que não está no Bunker. A narrativa deixa evidente que ele sempre foi um cristão espiritualmente fraco, mas, aparentemente, a gota d'água para a queda de Kevin, de acordo com alguém do Bunker, foi o seguinte:

Quando a nossa mensagem mudou de “boas novas” para “mensagem de julgamento”, ele disse que isso iria trazer problemas para nós, o que de fato aconteceu.

Deduz-se que uma das razões de as Testemunhas de Jeová terem que se esconder no Bunker é que a sua “mensagem de julgamento” ajudou a desencadear a Grande Tribulação e induziu a população e os governos do mundo a se levantarem contra elas e caçá-las.

Deixemos de lado os casos conhecidos de regimes repressivos que perseguem as Testemunhas de Jeová (como a Rússia de Vladimir Putin), porque muitas vezes esses regimes perseguem igualmente outros grupo religiosos, e nos concentremos na ideia de que todos os governos democráticos vão se revoltar contra a Torre de Vigia porque ela começou a anunciar uma “mensagem de julgamento”.

O problema com esse tipo de delírio de grandeza é que o Corpo Governante demostra claramente que nunca ouviu falar da Igreja Batista Westboro.

Para aqueles que não sabem, Westboro é uma igreja fundamentalista que tem fama de antagonizar a população dos Estados Unidos com as suas próprias “mensagens de julgamento”, fazem piquetes nos funerais de militares norte-americanos dizendo “Graças a Deus pelos soldados mortos”, e manifestando-se em eventos do orgulho gay com cartazes “Deus odeia os Gays”.

A igreja se prepara para ser tão antagônica e turbulenta quanto possível com as suas “mensagens de julgamento”, que vão muito além dos limites de qualquer mensagem que a Torre de Vigia jamais planejou proclamar. No entanto, neste ano de 2016, os membros da igreja Westboro não foram caçados em bunker por capangas do governo. A maioria das pessoas simplesmente os descarta como idiotas e desagradáveis. 

Eu humildemente considero que as Testemunhas de Jeová, na maioria dos países, podem divulgar a sua mensagem crítica como elas gostam, e o pior que pode acontecer é que as pessoas vão simplesmente considerá-las como um bando de idiotas.

Se os governos em democracias liberais algum dia investirem contra a Torre de Vigia, será em razão da falta de relatório sobre abuso sexual infantil, ou pela prática abusiva e cruel de ostracismo social, e não porque elas começaram a andar com placas dizendo “Jeová pisará você em razão de Sua ira”. 

Bunker 5 - avaliação

Bunker 5 é muito interessante, especialmente  para quem está consciente dos recentes problemas que a Torre de Vigia tem enfrentado no mundo inteiro, com a divulgação de notícias referente a seu escândalo de abuso sexual infantil, e com as dificuldades relacionadas  à “nova luz” sobre a “geração sobreposta”.





O vídeo começa com as Testemunhas do bunker lendo Salmo 116:12

Como vou retribuir a Jeová todo o bem que me tem feito? 

Quando perguntado sobre aplicações do versículo, um ocupante do bunker diz:

O que realmente faz a diferença é como nós correspondemos a essa bondade. Para alguns na congregação, as coisas boas tornaram-se um teste de sua lealdade. 

Hmm. O que eles querem dizer com isso? Quais são as “coisas boas”? Eles estão falando sobre o sacrifício de resgate? A esperança do paraíso na Terra? A Bíblia?

Não.

Nós logo veremos que este vídeo é mais um exemplo de isca para capturar incautos.

As “coisas boas” nas entrelinhas deste filme são basicamente qualquer coisa que a Organização decida fazer ou dizer.  Podemos ver isso à medida que a liderança, ao mudar seus ensinos, chama-os de “novas luzes”. Vemos um anúncio sendo dado a partir do palco referente a “nova luz” sobre mudança de ensinos.  Vemos também um casal de irmãos que olham infeliz da plateia. A narração nos adverte que esses irmãos...

…Procuravam falta no que a organização fazia, ou não fazia...

Acho essa declaração muito interessante.

Uma coisa que a organização não faz atualmente é denunciar abusadores de crianças à polícia, e eu sei de experiência própria que mais e mais Testemunhas estão sendo expostas a esse fato. Muitas Testemunhas negam isso com veemência por pura ignorância, e às vezes ficam perturbadas quando você apresenta provas das acusações.

É claro que elas estão contatando os anciãos para inquiri-los a respeito disso, e é claro que essa inquietação por parte delas tem chegado ao Corpo Governante. De acordo com o contexto do vídeo, parece evidente que a Torre de Vigia está dizendo que qualquer acusação de “inércia” dirigida a ela é desleal, e uma falta de apreço para com Deus.

Eu não posso acreditar que um Deus amoroso apoie alguém que ajuda um abusador de crianças a se livrar da justiça. Também não posso imaginar como alguém pode dizer que isso é uma “coisa boa”.

Além disso, está implícito que os irmãos descontentes não gostam da “Nova Luz” que está sendo ensinada. Atualmente só há um evidente novo ensinamento que poderia merecer essa atenção (embora o ostracismo reforçado neste congresso de 2016 possa ditar um fim para seu dinheiro), que é o ensinamento da geração sobreposta.

Como explicado aqui em um artigo anterior do JW Survey pelo fundador do site Lloyd Evans.

Durante décadas as publicações da Sociedade insistiam que o Armagedom era iminente, porque, segundo argumentavam, a geração de Testemunhas ungidas (que acreditavam terem sido chamadas para o céu) que testemunhou e compreendeu os eventos de 1914 não morreria antes de o Armagedom chegar.

Este conceito foi baseado em Mateus 24: 34, onde Jesus disse a seus seguidores que a geração que testemunhou vários sinais apocalípticos não morreria até que todas as suas palavras se cumprissem - incluindo a "grande tribulação" (o prelúdio do Armagedom).

Maravilhoso… até você se dar conta de que desta geração de pessoas quase que ninguém mais está vivo.

A solução mais recente, tal como proposta pela Torre de Vigia em 2010...visa essencialmente embelezar as palavras de Jesus, sugerindo que "esta geração" não tem que ser apenas uma geração, mas pode ser duas. .

O primeiro "grupo" ‘desta geração’ iria testemunhar e compreender os eventos de 1914, e o segundo “grupo” seria aqueles que nasceram antes das últimas pessoas do primeiro grupo morreram (daí uma “geração sobreposta”).

Se você não entender isso, não é devido a qualquer falha de sua parte. É porque não faz sentido. O ensino passa por cima do idioma Inglês, redefinindo o sentido da palavra "geração", e contando com o público para ignorar deliberadamente suas habilidades de raciocínio lógico, aceitando o incompreensível como verdade indiscutível.      

Afinal, se você pode arbitrariamente insistir que uma geração pode ser composta de dois grupos, porque não pode igualmente ser composta de três, quatro, cinco – ou infinitos?  A palavra "geração" rapidamente perde todo o significado.

Este ensinamento entrou em vigor pouco antes de eu sair, mas mesmo na época eu sabia das minhas próprias discussões com as Testemunhas de que ninguém poderia realmente explicá-lo, e ninguém gostava de discutir o assunto; e como parte do meu processo de saída, perguntei incisivamente a um ancião se ele realmente acreditava nesse ensino e poderia explicá-lo para mim apenas usando a Bíblia.

Ele mostrou-se inseguro e sugeriu que o ensino seria “ainda mais refinado”.

Minha experiência claramente não é um caso isolado. O problema aparentemente é tão grave que o JW Broadcasting teve que dedicar um episódio inteiro para tentar explicá-lo, como pode ser visto abaixo, com análise de Lloyd Evans.



Assim, em resumo, vemos mais um vídeo que promete abordar um assunto, mas na verdade acaba por abordar outro, a saber: “pare de fazer perguntas embaraçosas, pare de apontar falhas em nossas normas e doutrinas, basta fazer o que lhe pedimos para fazer, e pensar o que lhes dizemos para pensar”.

Bunker 6 - autocontrole

Bunker 6 apresenta o caso de uma irmã que teve de superar uma fase de “pensamentos negativos”.




O que ela quer dizer com “pensamentos negativos”?

Não fica claro o que exatamente significa essa declaração. Sentimentos de indignidade? Baixa autoestima?  Não tenho 100% de certeza, mas posso avaliar a maneira que ela descreve suas emoções.

Eu orava, mas às vezes os sentimentos eram tão fortes, eu não sabia o que fazer.

Será que eu vou parar de sentir isso?

Para mim, isso parece que ela está descrevendo depressão. Concluo isso porque eu tenho lutado com a depressão, assim como também pessoas próximas. Que resposta apresenta a irmã mais velha a alguém que aparenta estar gravemente deprimido?

As Escrituras nos dizem que, como cristãos, oramos para ter autocontrole em nossas emoções; mas precisamos também supervisionar e controlar nossos pensamentos.

Essa irmã essencialmente diz que a depressão é culpa dela. Ela carece de autocontrole, precisa ler mais as escrituras e orar fervorosamente para controlar sua depressão.  Não há nenhuma menção a procurar ajuda médica profissional. Espera-se da irmã que apenas estude a Bíblia, ore sobre isso, e tenha autocontrole sobre sua carne pecaminosa.  Está implícito que se ela não pode fazer isso, ela é desleal a Deus. 1º Coríntios 9:25 é invocado para apoiar isso. 

Todos os que participam numa competição exercem autodomínio em todas as coisas. Claro, eles fazem isso para receber uma coroa perecível, mas nós, uma que não perece. 

Como eu disse, eu tenho experiência pessoal sobre quão sério pode ser um problema de depressão. No pior dos casos, a pessoa pode dar fim à própria vida. Os casos graves de depressão requerem ajuda profissional e muitas vezes precisam de medicação, e com tal assistência, a melhora real da pessoa deprimida pode realmente ser possível.

Mas a ideia de dizer a uma pessoa com depressão que ela precisa simplesmente desenvolver autocontrole para lidar com o problema é um insulto e francamente perigoso. Não se “conserta” a depressão lendo as Escrituras e dizendo para a pessoa que seus sentimentos negativos são em razão de ela não ter autocontrole.

Eu realmente não sei mais o que dizer aqui. Este vídeo vai ser um tapa na cara de qualquer Testemunha que estiver sofrendo de depressão e só vai fazer ela se sentir pior por seu pecado de estar deprimida.

Pode fazer que as Testemunhas compreendam ainda menos aqueles com depressão, podendo levá-las a concluir que se estar sofrendo de depressão por falta de autocontrole e lealdade,  e, em razão disso, considerá-los como “má associação”, levando-as a se afastarem da Testemunha com depressão.  Adicione a isso o fato de que a necessidade de ajuda profissional  qualificada é completamente ignorada no vídeo, e eu tremo só de pensar que impacto esse vídeo pode ter sobre as Testemunhas vulneráveis.

Bunker 7 - amor

O tema central do Bunker 7 é: “Que todos tenham muito que fazer”.

Em flashback, conta o caso de um casal de pioneiro e descreve como eles tinham uma vida confortável, apesar de serem pioneiros.  É claro, ter uma vida confortável é uma coisa ruim. Eles desfazem-se da maioria de seus bens e mudam-se para uma casa menor.




Com certeza, seria bom se a Torre de Vigia não tentasse envergonhar aqueles que trabalham duro e optam por ter uma vida confortável dentro de suas possibilidades, embora haja pessoas que preferem simplificar suas vidas com o fim de se concentrarem em outros objetivos de vida que são mais importantes para elas. Cada um sabe o que é melhor para si.

O problema é que, em seguida, o casal de pioneiros decide cursar a Escola Evangelizadores do Reino e se mudam para servir onde há “maiores necessidades” .  Tenho certeza que eles confiam que Jeová e sua organização vão cuidar deles...

...mas estamos tratando da mesma organização que recentemente reduziu o seu pessoal em betel, despediu os Superintendentes de Circuitos de mais idade e pioneiros de Tempo Integral, geralmente empurrando-lhes a desculpa de cortes no orçamento.  Mas estamos chegando ao final da série de vídeos, pois no Bunker 8 a policia arromba a porta.

Bunker 8 - fé

Não há muito que achei digno de nota no Bunker 8. Faz-se basicamente uma revisão dos vídeos anteriores, ler-se muitos textos para fortalecer a fé, e finalmente a polícia parece perceber que as Testemunhas estão escondidas atrás de uma grande porta branca (Quem é? A Guarda Keystone?) e a cena se encerra com nossa irmandade do Bunker feita prisioneira.




Algo tem que ser dito: o tema geral da série é espantoso. Os vídeos voltam-se repetidamente para os mesmos temas. Pare de fazer perguntas embaraçosas; pare de estar deprimido; pare de questionar as Novas Luzes; para de ouvir pessoas que têm opiniões diferentes.  Nós lhes dizemos o que fazer e vocês, sorrindo, digam “sim, senhor”.

O programa de congressos da Torre de Vigia não é elaborado de forma aleatória.  Os discursos são uma resposta a questionamentos frequentes e a tendências que são reportadas às lideranças da Torre de Vigia.  Então, a partir destes vídeos, o que podemos aprender das tendências atuais na organização mundial das Testemunhas de Jeová?

Que Testemunhas estão fazendo perguntas embaraçosas; que Testemunhas estão deprimidas; que Testemunhas estão questionando as “novas luzes”; que Testemunhas estão ouvindo outras opiniões; que Testemunhas não estão fazendo o bastante, e se fazem, estão reclamando.

Eu não acho que está tudo bem com a Torre de Vigia.

Eu acho que o Corpo Governante tem um problema. Não pode ser apenas uma questão referente às Testemunhas, a quem se destina a #worstconventionever.

Para uma análise mais aprofundada destes vídeos, por favor, confira o vídeo do JW Survey feito por Lloyd Evans, que inclui muitos pontos não abrangidos aqui. Acredite ou não, este artigo, no intuito de demonstrar o quanto estes vídeos são preocupantes, apenas arranhou a superfície. Clique, se tiver coragem, e Lloyd irá levá-lo ainda mais a este insano buraco de coelho (traduzido com a ajuda do Google Tradutor).  






Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová – o que elas não lhe contam?

DOWNLOADopção 1 (português)

DOWNLOAD opção 2 (português)

DOWNLOADopção 3 (espanhol)








6 comentários:

  1. Final de semana incrível, o melhor congresso de todos os tempos ! ( Hebreus 10;24,25; Salmos 133;1) . Realmente, fortalecedor !'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou,Roberto! Mas tenho certeza que não demorará muito tempo até você perceber que nessa organização não há lugar para você, sua esposa e filhos...Enquanto você for leal, tudo bem; depois que você cometer um erro sério (e todos nós erramos!), então você sentirá o mesmo desprezo que hoje as Testemunhas me dispensam. Imagine! Aqueles que tanto me juraram amizade, hoje viram a cara sempre que me veem...Isso é o que se chama amor? Esse eu dispenso. Mas confio, Roberto, que você mesmo irá abrir olhos a tempo. Não creio que você leva a sério tudo o que diz o Corpo Governante;lá no fundo, você mesmo tem as suas dúvidas. Torço por sua libertação, amigo!

      Excluir
  2. Eu já fui um " DESASSOCIADO". No entanto, demostrei a humildade de " reconhecer que quem " ERROU FOI EU", e não os irmãos, nem Jeová, nem Jesus , nem ' Corpo Governante ". Não coloquei a culpa em ninguém. E conforme diz Hebreus 6;9-11 - Hebreus 11; 1-12; A disciplina não parece ser motivo de alegria , mas sim de pesar , no entanto, dá fruto pacifico " AOS QUE SE DEIXAM SER TREINADOR POR ELA> " Eu deixei ser treinado pela disciplina.

    " Jeová disciplina aquele a quem ama , assim como o pai faz com o filho a quem tem prazer. "

    Não imitei a Adão , que quando Jeová perguntou o que fizeste; " Ele em vez de reconhecer o seu erro, " COLOCOU A CULPA NOS OUTROS " dizendo; " A mulher que tu me destes , ela me deu , e então comi . " Colocando assim, a culpa e a responsabilidade do seu pecado em " Jeová e em Eva. " - Gênesis 3.

    Passei muito tempo neste mundo da Apostasia " um mundo frio e inóspito". No entanto, a muito tempo recebi a vacina anti - apóstata, a verdade Bíblica. " João 17;17; 2 Timoteo 3;16,17 ;

    Judas nos mostra em seu livro que este mundo é igual a uma " ROCHA IMERSA" , que o capitão do barco não vê , mas qui pode afundá-lo, assim é este mundo " frio e inóspito" da apostasia!' No entanto, te confesso, que toda vida que entre em blog como o seu , faço comparações com a verdade e me sinto mais fortalecido , e minha fé fica mais edificada. "

    Assim, como eu , todos os anos milhares retornam a organização de Jeová, só nesse ano na congregação a qual pertenço, 4 irmãos retornaram a organização, e nenhum foi desassociado !'

    Como diz o Salmo 20;1-4; " Que Jeová possa nos conceder os pedidos do nosso coração . "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Toda vida que entre em blog como o seu , faço comparações com a verdade e me sinto mais fortalecido , e minha fé fica mais edificada."

      Isso mostra o grau de doutrinação a que você foi submetido, ao ponto de fechar os olhos para graves erros, como a data de 1914. Como escrevi no eu livro, essa data é o fundamento da religião, mas não se apresenta nenhum historiador para provar a sua exatidão. Enquanto isso, o pisca-pisca das novas luzes vai mantendo o povo no engano. Sabia, caro Roberto, que se 1914 fosse uma data correta, o fim do mundo deveria ter chegado antes que morresse a geração de 14? Isso é um claro indício de que tem alguma coisa errada aí. Pergunte-se: se aquela interpretação estava errada, que garantia posso ter de que a interpretação da geração de ungidos está certa? Resposta: NENHUMA. Se eu fosse um estudante, e fizesse esse questionamento ao meu instrutor, ele certamente não poderia me dar nenhuma certeza... então, sem essa certeza, eu jamais me tornaria uma Testemunha de Jeová. E o caso é que cada vez mais estudantes tem acesso a sites e blogs como este, e tomam conhecimento de muitas informações que não constam no livro "Bíblia Ensina". Assim, caro Roberto, meu trabalho vai continuar. PRECISO SALVAR VIDAS.

      Excluir
  3. Vejamos os erros graves feito por aqueles que defendem a cronologia secular e não a cronologia inspirada de Jeová , através da Bíblia !'

    Na realidade quem deve explicações de 20 anos de diferença na cronologia são os apóstatas (Provérbios 11;9), amantes de uma cronologia secular que apresenta apenas 50 anos de exílio !

    Como explicar os 20 anos que faltam em sua cronologia ? (587 - 539 = 48 anos ).

    Essa Cronologia sem Dúvida nenhuma, contradiz a Bíblia, que apresenta 70 anos de exílio. Esse é o melhor método - a metodologia Bíblica - para chegarmos em 607 AEC. "

    Na verdade , estas pessoas não amam o conhecimento ; ' Até quando vocês inexperientes amarão a inexperiencia ? Até quando vocês zombadores , terão prazer na zombaria ? " Até quando vocês tolos odiarão o conhecimento ? Porque odiaram o conhecimento, e não quiseram temera Jeová. "! - Provérbios 1;22,29 !'

    Evitam este conhecimento, que no entanto, pode cunduzi-los a vida eterna ; " Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti o único Deus Verdadeiro, e daquele que enviastes Jesus Cristo. " - João 17;3;

    Não é apenas um simples conhecimento , mais é ' g'nosis" , ou seja conhecimento exato . - 1 Timoteo 2;3,4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Roberto! Comente sempre que achar oportuno.

      Excluir