domingo, 19 de junho de 2016

2016: o pior de todos os congressos (Sergei)

(Traduzido de JW Survey)


O caminho da verdade é o melhor modo de viver. 

Assim começa o cântico do Reino 64: “Faça da verdade a sua vida”.  Este mantra é bem conhecido pelas Testemunhas de Jeová.  De fato, é comum ouvir o mantra repetido da seguinte maneira:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, este ainda seria o melhor modo de vida possível.


Se você tem estado associado com as Testemunhas de Jeová, provavelmente já ouviu declarações como esta, muitas vezes em resposta a dúvidas ou desafios sobre quão válido são os ensinos das Testemunhas de Jeová.  A narrativa apresentada é que mesmo que a Torre de Vigia esteja errada, viver de acordo com as normas estabelecidas pelo Corpo Governante ainda resultaria na vida mais satisfatória possível.

É um cenário em que não há perdas, apenas ganho.

Mas esta afirmação é verdadeira?

Bem, vamos analisar como a Torre de Vigia apresenta a vida de uma Testemunha em uma série de vídeos que está sendo exibida nos congressos de 2016 Continue Leal a Jeová.  Os vídeos narram a história da personagem Sergei, desde a sua infância até sua provável morte.

À medida que vemos a história se desenrolar, eu gostaria que você tivesse em mente a seguinte alegação:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Vamos ver se a história da vida se Sergei apoia essa declaração.

Sergei – quando jovem


A história de Sergei começa quando ele é um menino, quando nos deparamos com ele a tocar violino com habilidade considerável. A narrativa se desenrola a mostrar um Sergei excepcionalmente talentoso a quem está sendo oferecido um ensino por um conservatório de música que iria ajudá-lo a fazer uma carreira na arte que tanto ama.



Ótimo! Muitas pessoas não têm a oportunidade de explorar seus dons desta forma, e parece que o jovem poderia iniciar uma jornada de autodescoberta e realização criativa. Quem sabe, talvez, o seu legado artístico não poderia durar por séculos? 

Só que o pai de Sergei tem outras ideias.  Ele descarta as aspirações musicais de Sergei, dizendo a seu filho que a pressão vai ser algo que ele não poderá suportar. Descarta a ideia de um jovem Testemunha fazer da música “sua vida, sua carreira”.  Sergei é avisado que ele terá de competir com outros músicos, que ele será cercado por pessoas que não amam a Jeová (assim como todos os dias na escola e no trabalho) e que ele deve mostrar a Jeová que o ama em primeiro lugar.

Aparentemente, Jeová odeia músicos profissionais.

Se você não foi alertado de que a posição do pai é a única que a Torre de Vigia estava promovendo, poderia analisar esta cena, palavra por palavra, quadro por quadro, e no fim veria o pai de Sergei como sendo de mente fechada,  brutalmente esmagando os sonhos e aspirações de seu filho.  Na verdade, é de partir o coração quando o jovem Sergei pede a seu pai: “Mas eu realmente amo isso, e não sou bom em qualquer outra coisa! Nisso é que sou bom”.

Eu posso compreendê-lo.

As coisas que eu era muito bom quando criança, as habilidades e talentos em torno do qual eu teria construído uma carreira satisfatória na indústria criativa, não eram coisas que eu estava autorizado a fazer uma carreira, devido às minhas crenças como Testemunha de Jeová.  Em vez disso, tive que escolher outra carreira, muito menos gratificante e interessante para mim, e em que eu simplesmente não era bom. Agora que deixei a religião, estou tentando ressuscitar a carreira que eu deveria ter começado há muitos anos, mas o tempo e a experiência perdidos são coisas que nunca mais vou recuperar.

Então, em resumo, o que vemos neste primeiro vídeo?  Os sonhos de Sergei de ser um músico profissional são esmagados, não porque ele não tem talento ou capacidade para sucesso, mas porque seus pais são Testemunhas de Jeová e impõem sobre ele o estreito estilo de vida determinado pela Torre de Vigia. Sergei, o violinista, nunca existirá, suas obras potenciais estão perdidas para as próximas gerações, e seus sonhos lhes foram negado.

Agora lembre-se: estamos examinado a seguinte declaração:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha que este vídeo apoia essa declaração?

Sergei – quando perseguido


Vemos depois Sergei, como um jovem homem, conduzindo  um estudo bíblico. Nas cenas seguintes, descobrimos que vive em um país onde as Testemunhas estão banidas legalmente. As Testemunhas estão correndo risco de prisão por praticar a sua fé sujeitando-se aos comandos da Torre de Vigia. Durante o vídeo, Sergei volta para casa e descobre que a polícia o espera e que esta agiu brutalmente com seu pai (possivelmente submetendo-o a espancamento).



A polícia ordena a Sergei que diga onde está escondendo a literatura da Torre de Vigia. Sergei se recusa a responder às perguntas e, mais tarde, se recusa a tocar o hino nacional em seu violino. Esta não é uma escolha à toa de Sergei;  a Torre de Vigia instrui as Testemunhas, como Sergei, que fazer isso compromete a sua interpretação bíblica de neutralidade política (Não importa que a Torre de Vigia tenha comprometido esta doutrina em numerosas ocasiões em seu próprio benefício, muitas vezes cuidando para que asTestemunhas normais não descubram).

Como resultado, Sergei é preso.   

Este é, infelizmente, um cenário bem plausível. No século passado, em muitos países pelo mundo, as Testemunhas de Jeová têm sido submetidas a perseguições terríveis em razão de obedecerem às normas de neutralidade política estabelecidas pela Torre de Vigia. Começando com a selvageria dispensada pelo governo de Malaui até a desumanidade terrível dos campos de concentração do Terceiro Reich, as Testemunhas foram torturadas, encarceradas e assassinadas por regimes repressivos. Ninguém que respeite os direitos humanos universais pode fazer qualquer outra coisa senão condenar a barbárie dessa repressão.

Aqueles que desejam praticar sua fé de uma maneira que não infrinja os direitos humanos de outros, deve ser sempre livre para fazê-lo, mas, obviamente, ninguém gostaria  de suportar o tipo de selvageria enfrentada por Sergei para servir a uma religião que não é verdadeira.

Agora lembre-se: estamos examinado a seguinte declaração:

Mesmo que esta não fosse a verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha que este vídeo apoia esta afirmação?

Sergei – quando tentado


Nosso próximo vídeo encontra Sergei ainda preso, recitando as Escrituras para manter seu ânimo. Os oficiais da prisão dão-lhe a trágica notícia de que seu pai, também preso, está morrendo.



Chorando, Sergei pede permissão para ver seu pai, e o oficial da prisão oferece a Sergei “uma solução ainda melhor”. Ele apresenta a oportunidade de Sergei e seu pai deixarem a prisão! Tudo o que Sergei tem que fazer é assinar um documento renunciando a sua fé.

A Torre de Vigia é resoluta nesse ponto. Não há espaço para uma Testemunha decidir  assinar um papel, considerando-o sem sentido, e depois continuar  a sua adoração, uma vez que está livre. A “guerra teocrática” pode permitir que os líderes da Torre de Vigia mintam em um tribunal quando questionados sobre  não relatarem abuso de crianças, mas não permite que uma Testemunha  assine um documento, ao qual não dar nenhum crédito, a fim de aliviar o sofrimento terrível e recuperar a liberdade.

Espera-se que as Testemunhas recusem todas as ofertas, sem perguntas.

Assim Sergei faz o que a Torre de Vigia espera e se recusa  a assinar. Então ele é arrastado de volta para sua cela para cumprir o resto de sua pena de cinco anos, e nunca mais verá seu pai.

Agora lembre-se: estamos examinando a seguinte declaração: 

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha que este vídeo apoia esta declaração?

Sergei – quando elogiado


Somente encontramos Sergei bem mais tarde, como um homem de meia idade, servindo como Superintendente de Circuito Substituto da Torre de Vigia. 



Para quem não está familiarizado, um Superintendente de Circuito (SC) é alguém que trabalha por tempo integral para a Torre de Vigia, visitando grupos de Testemunhas em uma determinada região geográfica. Eles realizam reuniões com os Anciãos, Servos Ministeriais, Pioneiros, dão discursos especiais no Salão do Reino, organizam o serviço de campo para a semana, e geralmente verificam se a congregação está sendo administrada de acordo com as políticas da Torre de Vigia. É um trabalho exaustivo, muitas vezes requerendo longos dias de atividade para pouca remuneração, embora as refeições e hospedagem sejam normalmente providas pela congregação.  Um SC substituto é alguém que está sendo treinado para ser um SC permanente, e eles entram em ação quando o SC regular está doente ou indisposto. 

Ele se reúne com seus velhos amigos Alexia e Natalia, os quais vemos a estudar com ele no segundo vídeo. Ele e sua esposa aceitam compartilhar uma refeição em conjunto com alguns amigos. Durante a refeição, Sergei é elogiado pela qualidade de suas palestras bem como por sua fé inabalável. Os presentes deixam transparecer que desejam a ele como SC permanente, citando uma série de falhas percebidas no atual.

Minha experiência pessoal, tendo-me reunido com muitos SC no meu tempo, é que eles variam significativamente em qualidades e temperamento. Conheci o tipo sincero, que genuinamente se preocupa com o rebanho, e conheci o tipo rígido, cruel, que faz a vida das pessoas no Circuito uma miséria. É comum as congregações, quando duramente pressionadas, desejarem desesperadamente por uma mudança, especialmente se elas já conheceram um SC mais agradável.

Como é que Sergei reage à conversa? Contido, deve ser difícil para ele ouvir outros se queixarem de seu colega, mas como ele lida com essas queixas bem como com os elogios que lhe foram dados?

Ele rejeita todos eles. Ele se recusa a levar o crédito por suas habilidades, pois considera que suas realizações não são em razão de capacidade pessoal. Com olhos baixos, ele credita tudo ao espírito de Jeová.  Ele também expressa: “Jeová escolhe aqueles que servem nas congregações” e isso é uma maneira de sugerir que esses homens estão acima de qualquer crítica por parte de quem lhe está sujeito.

(Será que Jeová escolhe Anciãos que encobrem abuso de crianças, ou Servos que são realmente abusadores de crianças? A Torre de Vigia não pode conciliar isso. Ou os “homens designados” são escolhidos por Deus ou não são).

Agora, lembra-se quão animado e cheio de confiança estava Sergei no primeiro vídeo? Como uma criança, Sergei tinha encontrado a sua paixão, sua vocação, e estava cheio de confiança de que ele poderia alcançar coisas maravilhosas com a sua música. Ele era bom no que fazia, e SABIA disso. Ele tinha plena confiança em suas habilidades. O futuro estava diante dele, grande  e brilhante, antes de seu pai rasgar sua confiança e destruir seus sonhos. E o que encontramos quando olhamos para Sergei agora?

Um homem que trabalha longas horas como um administrador religioso em troca de bem pouca compensação, seus sonhos de música esquecidos, tendo perdido seu pai na perseguição religiosa, bem como cerca de cinco anos de sua própria vida. Um homem tão carente de autoestima que nem sequer aceita receber os créditos pelas experiências e habilidades que outros veem nele e admiram.

Agora lembre-se: estamos examinando a seguinte declaração:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha que este vídeo apoia essa declaração?

Sergei – quando cansado


No próximo vídeo encontramos Sergei no seu local de trabalho, uma fábrica ou oficina de algum tipo, tocha na mão, muito longe das salas de concerto ou estúdios de gravação onde poderia ter passado toda a sua vida. Quando tira a sua máscara de solda, o vemos cansado e abatido, e então é chamado ao escritório de seu gerente.



Nós descobrimos que Sergei tem estado trabalhando para cobrir os turnos de outros e está exausto. Apesar disso, seu gerente ordena que ele comece a frequentar também outro setor a uma hora de distância para cobrir outro funcionário ausente. Sergei protesta. Ele tem família e responsabilidades religiosas para cuidar.

Verifica-se que o gerente pretende mostrar consideração como os horários das reuniões religiosas de Sergei e que este não recusa a proposta e nós ficamos com a impressão de que um acordo é feito. No entanto, a Sergei é dada a escolha: ou vai cobrir o trabalhador ausente ou procura outro emprego.

Sergei cede e faz os preparativos para participar do novo arranjo de trabalho, mas em seguida pondera com base na Bíblia e lembra que precisa fazer o seu estudo da Bíblia em família naquela noite.

Ele retorna para casa para sua família em vez de trabalhar, e faz o estudo da família.

Nenhuma menção é dada sobre o que acontece com o trabalho de Sergei, mas dada a atitude do gerente, e que Sergei apenas deixou de ir ao novo trabalho sem a ninguém avisar, pode-se seguramente concluir que ele foi demitido. No entanto, no vídeo, nenhuma confirmação é dada sobre essa possibilidade, e embora a família de Sergei pareça estar ansiosa para o “alimento espiritual” que estão prestes a receber, é certo que em pouco tempo eles vão descobrir que o alimento físico é importante também.

Agora lembre-se, estamos examinado a seguinte declaração:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha que este vídeo apoia essa declaração?

Sergei – quando abandonado


A próxima cena que vai se tornar “A tragédia de Sergei” ocorre quando Sergei já está em idade avançada, com cabelos grisalhos.  Mais uma vez encontramos a amiga de Sergei, Natalia, embora pareça que seu outro amigo, Alexei, esteja ausente.  Sergei pergunta se ele pode visitar Alexei, mas houve um angustiado sussurro de Natalia:

Você não pode.



Alexei morreu?  Foi feito prisioneiro?  Foi para o outro lado do planeta?

Não.

Parece que tudo o que aconteceu com Alexei foi que ele deixou de acreditar na Torre de Vigia (Não é especificado se ele foi desassociado, dissociou-se ou apenas afastou-se).

Então há boas notícias, Sergei!

Você PODE ir vê-lo! Ele provavelmente está em casa agora e tudo que você precisa é pegar a estrada, tocar a campainha, e conversar com seu velho amigo, que, apesar de não acreditar que Steven Lett representa a ligação com Deus e a Terra, é provavelmente o mesmo cara que você conheceu e amou por todos esses anos.

Exceto que Sergei não é mais Testemunha de Jeová. Não importa que seu velho amigo seja, provavelmente, o mesmo amigo que sempre foi, a Sergei não é permitido julgar seus amigos pelo caráter, mas pode fazê-lo apenas pelas suas opiniões sobre a doutrina da Torre de Vigia.

Não se esqueça, Sergei está sob as ordens da Torre de Vigia: se Alexei foi desassociado ou dissociou-se, Sergei deve tratar seu velho amigo como se ele não existisse mais, como se ele tivesse morrido. Se ele passar por Alexei na rua, não deve dizer-lhe nenhuma saudação. Ostracismo total deve ser executado.  Mesmo que Alexei tenha tido sucesso em sair sem sofrer nenhuma sanção judicial, a Torre de Vigia deixa claro que, a menos que Sergei tenha uma razão muito boa, ele não deveria ter associação plena com Alexei.

E a partir deste congresso de 2016, se Alexei se afastou sem nenhuma sanção, mas agora pratica algumas das coisas proibidas pela Torre de Vigia, como celebrar aniversário, assistir a um evento religioso, ou doar sangue, então as normas referente a ostracismo aplicam-se com rigor.

Então Sergei, claramente, arrasado, vira as costas para um homem que ele descreve como um segundo pai, unicamente porque  é isso que espera e exige a sua religião. Não é Alexei que abandonou Sergei, mas sim Sergei que abandonou seu amigo.

Agora lembre-se, estamos examinando a seguinte declaração:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Você acha de este vídeo apoia essa declaração?

Sergei – quando enfrentando a morte


“A tragédia de Sergei está chegando ao fim”. No vídeo final, vemos Sergei numa cama de hospital, gravemente doente. Sua filha, olhando suas fotografias antigas, vê um jovem segurando um violino. Ela mostra a ele e diz:

Eu não sabia que tocavas violino.

Sergei encolhe os ombros em resposta.

Eu acho que perdi o interesse



Não é nenhuma surpresa ver que a paixão e talento de Sergei tenham sido varridos para longe ao longo dos anos, levando em conta tudo o que ele foi forçado a desistir e sofrer por conta das ordens da Torre de Vigia e sua doutrina. Ele perdeu sua arte, seu pai, cinco anos de sua vida, seu amigo mais próximo, e gastou sua vida labutando em uma carreira que ele nunca quis ter, uma carreira que até mesmo pôs em perigo ou lhe foi deficitária por causa das ordens da Torre de Vigia a respeito de tempo gasto no trabalho.

No entanto, as coisas vão piorar. É claro que, a menos que Sergei seja submetido a uma operação, ele está condenado. O médico avisa-lhe que as chances de ele sobreviver à operação são muito baixas se ele recusar sangue.

Mais uma vez as doutrinas da Torre de Vigia têm lugar aqui. Se for verificado que Sergei de boa vontade e sem arrependimento aceitou uma transfusão de sangue, ele será visto como uma pessoa desassociada e evitado por toda a sua família e amigos. Além disso, Sergei foi doutrinado por toda a sua vida para ver tal transfusão como pecaminosa, um ato que poderia prejudicar suas chances de ganhar a vida eterna no paraíso terrestre que ainda estar por vir.

Assim, não é nenhuma surpresa que Sergei recusa sangue, diminuindo assim as chances de que ele vá sobreviver à operação. Nos momentos finais do vídeo, Sergei e sua filha falam sobre suas esperanças para o futuro, de serem reunidos no paraíso terrestre que a Torre de Vigia ensina que ainda estar por vir. Vemos flashbacks dos momentos-chaves da vida de Sergei, onde a lealdade à Torre de Vigia colocou-o em uma jornada de sofrimento, negação e perseguição, e Sergei enfrentar o que é potencialmente a sua morte com um sorriso choroso no rosto.

E assim chegamos ao fim.

Se os ensinamentos da Torre de Vigia estão corretos, a trágica vida de Sergei  de oportunidades perdidas, o sofrimento, perseguição e os amigos perdidos, lhe permitiu ter acesso a um maravilhoso paraíso, onde seus entes queridos falecidos estão reunidos com ele para sempre,  pode-se ter como válido o argumento de que a sua vida de negação e dor valeu a pena.

Mas se os ensinamentos da Torre de Vigia estiverem errados, então o trágico sofrimento de Sergei devido a seguir suas ordens foram totalmente sem sentido.  Aparenta ser simplesmente absurdo sugerir, dado o que analisamos acima, na apresentação da própria Torre de Vigia, que não pode haver  qualquer credibilidade na declaração:

Mesmo que esta não fosse a Verdade, esta ainda seria a melhor maneira de viver.

Se não fosse “a Verdade”, teria sido muito melhor para Sergei viver uma vida normal. Se ele tivesse tomado outro caminho, poderíamos estar olhando para Sergei, o músico respeitado e bem-sucedido, que foi capaz de ver seu pai quando ele morreu, que não perdera cinco anos de sua vida na prisão, que nunca esteve a evitar o seu amigo mais próximo, que passou sua vida seguindo suas paixões e não labutando em uma oficina, e que agora os médicos lhe estão a assegurar que há uma boa chance de que ele vai sobreviver.

A história de Sergei pode ser extrema, mas não é incomum entre as Testemunhas de Jeová, e mesmo aquelas que sofrem menos, ainda tem que desistir e sacrificar muito no altar da Torre de Vigia.

Antes de sacrificar a vida que temos, na esperança de ganharmos uma vida por vir, é preciso pesquisar os dois lados da questão, pois há muito em jogo. Se você é uma das Testemunhas de Jeová que está lendo isso. incentivo-lhe  a estudar cuidadosamente as seguintes fontes de informações. 

Jwfacts.com é um ótimo lugar para começar sua pesquisa. Convido-lhe a verificar cada fato, as afirmações feitas, e compará-las com as afirmações do jw.org

Convido você a fazer o mesmo com os artigos que constam aqui neste site. Verifique as nossas afirmações, verifique nossas fontes, verifique nossos fatos.

Mas não pare por aí.

Questione tudo, pesquise tudo, e tenha consciência do fato de que, se os anciãos souberem que você está fazendo isso, provavelmente eles vão tentar fazer que pare. 

E quando isso acontecer, lembre-se:

A verdade não tem nada a esconder. A falsidade teme a investigação.

Para mais análise de “A tragédia de Sergei”, por favor clique no link abaixo, que irá leva-lo para o vídeo complementar deste artigo, apresentado pelo fundador do JW Survey, Lloyd Evans. 





23 comentários:

  1. Muito triste mesmo. Temos que alerta as pessoas sobre essa "religião" destruidora de sonhos e esperanças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que não fala disso pra testemunhas de Jeová!!!

      Excluir
  2. No vídeo CO16 S 18 No09 1 que está acima, o prisioneiro Sergei cita Romanos 8:38, 39, até o ponto em que diz "nos separar do amor de Deus", mas ele não continua até o final, a parte que diz "que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.", porque as Testemunhas de Jeová acham que dar louvor a Jesus é um ato de idolatria e infidelidade para com o "Escravo Fiel e Discreto".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ato de idolatria é uma infidelidade não ao E.F.D, mas ao Deus criador que exige devoção exclusiva e não divide com outros nem com seu filho que tb é uma criação. Seria tb uma infidelidade ao Cristo pois ele tb era leal ao pai e nunca quis roubar ou dividir a soberania que pertence ao seu Pai.

      Excluir
    2. Cristo Jesus quanta ignorância num vídeo só. A vida transformada em um inferno por causa de uma doutrina pagã. Misericórdia. Que esse vídeo nesse congresso sirva para livrar os irmãos das algemas da Torre!

      Excluir
  3. Oi Lourisvaldo!

    Passei pra deixar um abraço e o desejo de uma boa semana!
    E aí, tudo bem com você?
    Sumiuuuu....

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Lourisvaldo.
    Nunca tive interesse nesse religião, estudei a bíblia a uns anos e logo nos primeiros dias parei. De repente conheci você virtualmente, soube com mais detalhes de como é cruel a forma deles lidar com os outros, passei a não atender mais, nem abria a porta, depois por conselho seu dizendo que muitos são vitimas, me sentir culpada por tratar alguns com rispidez, aceitei a escuta-los, e um rapaz muito educado me pediu a autorização de vim depois para lermos a bíblia, nesse dia a minha sobrinha estava leio a bíblia e a minha filha também passou a se interessar a ler a bíblia. Observando que isso não poderia fazer mal aceitei o estudo bíblico. Mesmo deixando claro que jamais seguirei a esse religião. A pessoa que estava vindo é uma mulher de luz, muito educada, hoje ela veio com seu marido e a minha filha participou do estudo. Hoje eu descobrir por eles que a pior pessoa que ate hoje eu conheci na vida é dessa mesma religião, fiquei chocada, e essa não foi a parte pior, tenho muito medo da minha filha por presenciar esse estudo queira seguir essa religião. Hoje estou diante de uma situaçao bem delicada, a pessoa que está vindo a minha casa é uma boa pessoa, como me sair disso, sem nenhum tipo de discórdia, parece brincadeira onde eu fui me meter. Marquei com ela agora no dia 01 e ate la eu espero que Deus me ajude de parar o estudo de uma forma que eu continue a me da com essa pessoa sem nenhum tipo de aborrecimento. É meu amigo fui avisada, como entrei nessa nem eu sei. Hoje assistir vários videos e fique cada vez mais chocada. Mas é evolvente, a pessoa vai recebendo e se não tiver direção certa acaba entrando, o que não é o meu caso. Que Deus me perdoei mais é mais fácil eles acabarem acordando que Deus é amor, e não prisão, que Deus que quer sejamos felizes, e logico seguindo uma dos maiores mandamentos na minha humilde opinião, amar a Deus sobre todas as coisas e ao seu próximo como a ti mesmo. Hoje vendo todos os videos apresentados sempre fica mais claro como sofrem que segue a essa religião. Muito importante esse blog para que as pessoas tomem a sua decisão sabendo onde estão se metendo. Uma coisa é certa Deus não está em religião, Deus está com todos que o amam de coraçao. Acho que não vou seguir religião mais nenhuma, vou continuar lendo a bíblia e seguindo a Deus da forma que o meu coraçao me orientar. Uma feliz semana. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mirtes, espero que esteja tudo bem com você!Olha: Não permita que outros pense por você. Se quiser conhecer as testemunhas de Jeová, vá no jw.org e tire suas dúvidas. Sou um desassociado e muitos por não aceitarem a disciplina que lhe foram impostas, ficam zangados, aí começam a falar mau como disse Jesus. Começam a espancar verbalmente seus irmãos na fé. Mateus 24:48-50. Conheci a verdade aos 13 anos e hoje tenho 48. realmente, existem alguns que tratam mal os desassociados, mais fazem isso, de propósito ou por não entenderem o porquê da desassociação. Mais isso é de se esperar, pois, mesmo dentro, sim, no meio dos servos fiéis de Jeová, sempre houve o ¨escravo¨ mau. mesmo assim, depois de tanto tempo, estou procurando voltar para a congregação. O objetivo é servir ao Soberano do universo, não a homens! Felicidades!

      Excluir
    2. Claudemir, olha algumas palavras do Corpo Governante referente a nós, que vocês chamam de apóstatas:

      "Eles [os apóstatas] muitas vezes recorrem a distorções, a meias-verdades e a flagrantes falsidades. Jesus sabia que seus seguidores seriam vítimas de pessoas que diriam “todo tipo de calúnia contra” eles. (Mateus 5:11, NVI) (A Sentinela de 15 de fevereiro de 2004, páginas 16,17).

      O discurso “Proteja-se contra todo tipo de engano” mostrou que é sábio tratarmos como veneno as distorções, as meias verdades e as mentiras descaradas, propagadas por apóstatas (A Sentinela de 15 de janeiro de 2003, página 23)

      Cumprindo esta profecia [do “escravo mau” de Mateus 24] de forma notável, os apóstatas estão hoje semeando ativamente mentiras e propaganda em muitos países, até mesmo em cumplicidade com alguns em posição de autoridade nas nações. (A Sentinela de 1º de maio de 1998, página 21).

      Os apóstatas divulgam publicações que recorrem a distorções, meias-verdades e rematadas falsidades [...] Algumas das publicações dos apóstatas apresentam falsidades por meio de “conversa suave” e “palavras simuladas”. (A Sentinela de 1º de julho de 1994, página 12).

      O Corpo Governante nunca diz exatamente quais são as mentiras dos apóstatas. Por exemplo, diz nas revistas que somos mentirosos, mas nunca diz nas revistas que nós o acusamos de ter-se filiado às Nações Unidas por 9 anos. Se isso é mentira, por que não diz isso às Testemunhas? Será que é come medo de elas irem checar essa informação e verificarem quem está mentindo é o Corpo Governante?

      Excluir
  5. Feliz São João meu amigo, e vamos que vamos vivendo a vida com alegria. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite amigo Lourisvaldo
    Lendo todo o seu relato, suas ponderações e assistindo os vídeos me convenço cada vez mais como religião, talvez pudesse dizer uma seita possa alienar um ser humano a ponto d'ele abandonar seus sonhos, seus amigos e mesmo familiares que não compactuam com essa forma de pensar e agir. São seres sem vontade própria que seguem pela vida orientados por princípios e crenças radicais que na minha humilde opinião estão muito longe do que vem a ser espiritualidade. Um comportamento exacerbado chega ser uma demência
    Um grande abraço meu amigo

    ResponderExcluir
  7. Olá, Lourisvaldo!
    Sempre me surpreende passar por aqui e ler suas postagens, por desconhecer totalmente as informações que você coloca.
    Um abraço,
    Sônia.

    ResponderExcluir
  8. Olá Lourisvaldo
    Mais uma bela postagem sempre nos instruindo, Deus o guarde.Adoei
    a histórinha não havia ouvido ainda.
    Abraço.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Lourisvaldo,

    Li tudinho e a cada informação que você traz aqui fico mais mortificada com os ditâmes carrascos desta dita religião. Ninguém deveria seguir cegamente qualquer doutrina. Tal atitude é fruto de fraqueza espiritual ou de uma boa lavagem cerebral. Deus quer seus filhos realizados e felizes, seguindo seus sonhos, amando seu próximo e lutando por sua vida, bem mais precioso de um ser humano. Muito louvável sua iniciativa de alertar a respeito do que ocorre, já que profundo conhecedor do assunto, para despertar alguns e/ou mesmo fazer pensar àqueles que se interessam por esta 'religião'.

    Grata pela visita. Não estou usufruindo de férias ou viagens, lamentavelmente, pois adoro viajar. Estou mesmo mais recolhida e buscando me dedicar a algumas atividades prazerosas que estavam relegadas em virtude do acúmulo desnecessário de compromissos.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Enfim... um movimento que apenas consegue controlar os seus membros se os destituir de seus sonhos, aspirações, e enfraquecer laços afectivos... e se os mantiver num clima de intimidação constante...
    Triste... como tanta gente se deixa arrastar por isto... perdendo a sua própria identidade... para se tornar numa peça de uma engrenagem doentia...
    Mais um excelente e esclarecedor post, Lourisvaldo!
    Abraço! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  11. "esta ainda seria a melhor maneira de viver"

    Tb concordo que esta não seria a melhor maneira de se viver.
    Fazer o que quiser, quando quiser. Esta sim é a vida que todo mundo quer. Este é omelhor estilo de vida.
    De preferência sem obrigações, sem responsabilidade, ser rico e nem precisar levantar cedo para trabalhar.
    Trabalhar como hobbie e não necessidade de sobrevivência. Não existe nada melhor que comer bem, viajar,
    fazer muito sexo, ter muitos amigos e se divertir. Isso sim é o melhor estilo de vida.

    "Mesmo que esta não fosse a Verdade,"

    A questão da verdade depende da referência. Supondo que a fé cristã seja a verdade.

    Nesse caso ela propõe a sua relação com Deus acima desse estilo de vida.
    Aonde a abnegação do usufruto de todo este estilo de vida seja renegado e seja sua relação
    com Deus sua principal forma de satisfação. Ainda que sua vida esteja em risco.

    Todos os apóstolos negaram uma vida dessa como vc propõe por uma vida de sofrimento em naufrágios,
    fome, sede, prisões, carreira promissora. Vc quer outro exemplo: Cristo deixou o conforto do céu e sua condição
    de glória para ser rebaixado como homem e sofrer humilhação e morte.

    Só que existe uma coisa que se chama fé e espiritualidade. Não sei se já ouviu falar disso.
    Posso apresentar um paralelo:
    O homem é como um trem que precisa de um motor que o impulsiona e um trilho para caminhar.
    No caso do cristão ele é movido pela fé e trilha pelas crenças e doutrinas.
    O homem sem fé é movido pelos emoções e trilha pelos instintos e desejos.
    Então as pessoas de fé e as pessoas sem fé sempre vão se ignorar pois seus valores se divergem.

    Pra uma pessoa de fé esse estilo de vida de prazeres são fútil e totalmente ignorados no mesmo
    nível de visão que os sem fé tem com relação a uma vida de abnegação do cristão.

    A sua proposta de estilo de vida é lógico que é mais atraente e duraria apenas por um curto período
    de tempo (da vida). "Comamos e bebamos pois amanhã morreremos". A pessoa de fé cultiva uma boa relação
    com Deus, entende o valor dessa relação e se sujeita a esta condição. A pessoa de fé crê, espera, confia, persevera.

    Você Lourisvaldo e outros que criticam, se sujeitariam a estas condições se tivessem a certeza de ser esta a verdade
    ou prefere mesmo uma vida confortável de miseros 60 anos ou 90 anos?


    ass:
    Suricato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suricato. Muito obrigado por me visitar.

      Sobre sua última pergunta, a questão é que não há mais dúvidas quanto a se a religião das Testemunhas é ou não é a verdade. Eu tenho certeza que é falsa tanto quanto todas as outras religiões que conheço.

      Excluir
  12. Tb cai por terra a acusação que a organização esconde o estilo de vida TJ. Esta mostrando por filme deixando bem claro que a vida TJ não é faz o que quer. Faz o que tem que ser feito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é só isso que a liderança tem pra dizer? E as dezenas ou centenas de segredos que eu acabei por escutar da boca dos outros quando merecia ter escutado da boca da liderança?

      Nos vídeos não há nenhuma novidade para quem é Testemunha, mas tenho certeza que há muitas outras coisas para contar que seria novidades. Aliás nada que contar, apenas confirmar o que muitas Testemunhas já sabem, mas pensam que é mentira dos apóstatas.

      Excluir
  13. gostei muito do seu comentário ,,,,,, ja fui tj des de criança perdi parte de minha vida como pioneiro e etc agora que fui desassociado voltei a estudar e progredir na vida coisa que la dentro eles nao querem que vc faça faculdade ou se desenvolva intelectualmente ,porque ai vc passa a analisar os conceitos da religiao e isso para eles e um grande problema ....



    ResponderExcluir
  14. Lourisvaldo amigo,adimiro seu esforço em expôr os erros desse povo.conheco-os .posso dizer que bem.suas virtudes e defeitos.Acho seu trabalho exaustivo.Mas porque você se sente nesce dever? Desde quando amigo líderes religiosos ou políticos vão nos dá explicação de seus atos?A pergunta é: Por que você acha que precisa fazer isso? Pergunto não para critica_ lo mas para entender o porquê da sua luta . Acho que sou parecida com você:"Andarilho em busca de resposta rsrs.....sou afastado mas tenho parentes lá .Não deu pra mim mas os parentes que la estão são felizes por isso não me envolvo e por isso me mantenho anônimo.Abraco! Amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! rsrsrs

      Gostei do "amigo" e senti que foi sincero. É difícil escutar isso de uma TJ, a gente geralmente é tratado como agente do Satanás ou pior.

      Não sei se leu meu livro, mas, caso não tenha lido, incentivo-lhe a lê-lo, pois conto em detalhes, e até com documentos, tudo o que resultou em eu deixar de ser Testemunha de Jeová. Em resumo, posso te dizer que me senti muito enganado, e luto para que as Testemunhas abram os olhos enquanto ainda têm uma vida para viver, um emprego para conquistar, uma universidade para fazer, uma felicidade para encontrar...e, em conjunto como todos aqueles taxados de "apóstatas", posso ver que a vitória é certa e gradual, pois no mundo inteiro o crescimento de Testemunhas é cada vez menor, uma vez que muitas estão deixando a religião, e outros, antes de entrarem, vão lá no Google e digitam o nome dessa religião...e lá está...todos os segredos que nunca seria dito no livro Bíblia Ensina.

      É isso, AMIGO! Espero que eu tenha respondido à sua pergunta.
      ...E antes que eu esqueça, o link do meu livro pode ser encontrado na barra lateral do blog, bem como no final das postagens mais recentes.

      Grande abraço!

      Excluir