sexta-feira, 27 de maio de 2016

Corpo Governante reforça seu conceito de ostracismo social imposto a ex-membros

Dentre os muitos vídeos do próximo congresso das Testemunhas de Jeová, um deles terá o objetivo de reforçar o isolamento de ex-membros. Como se já não fosse cruel apenas parar de cumprimentá-los, o Corpo Governante agora indica que as Testemunhas nem sequer devem atender um telefonema, e quanto aos pais, ele incentiva inclusive que o filho ou filha seja expulso de casa.



Atualização em 28-05-2016: inclusão do vídeo legendado em inglês. 



Atualizado em 4-9-2016: inclusão do vídeo em português





É difícil dimensionar a crueldade de atitudes como essa, mas o Corpo Governante deseja que suas normas sejam cumpridas, não importa o custo emocional para os envolvidos.

Ser expulso de casa sob o argumento de que é preciso proteger os irmãos menores é um argumento que não convence muito. Se o comportamento da filha trouxesse consequências ruins, os filhos menores logo aprenderiam por experiências tão próximas as lições de tal comportamento. Com a filha longe de casa, ela pode sofrer terrivelmente, não necessariamente em razão de seu comportamento, mas por se sobrecarregar de deveres quando talvez ainda não estivesse preparada para isso, como trabalhar e ganhar o suficiente para custear as despesas de uma casa. Também pode ficar ainda mais exposta às más influências de amigos e acabar por ter a sua própria vida arruinada.

Deixar de atender um simples telefonema também é demasiadamente cruel. Imagina que a filha (ou mãe, caso fosse o inverso) estivesse telefonando em razão de uma emergência médica? Depois disso, caso ocorresse uma fatalidade, quanto arrependimento não viria depois em razão de se negar a atender um simples telefonema! Talvez não fosse possível evitar a morte de alguém, mas seria preferível atender e dizer um “não, não podemos conversar”, do que deixar de atender e ficar sem saber do que se quer tratar.

A minha esperança é que esse vídeo, que será exibido em um evento aberto ao público, com muitos simpatizantes presentes, acabe por fazê-los acordar e ver a tempo em que armadilha está-se a cair. 


14 comentários:

  1. Fico muito entristecida por tais atitudes que vem de líderes que deveriam pregar a união ao invés de divisão na família.
    Abraço.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre acreditei que a igreja deve servir de ponte, com o intuito de unir ao invés de afastar e que o alicerce de qualquer religião deve ser o amor ao próximo,exercício que começa dentro da família.
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
  3. Uma triste atitude que a igreja esta impondo as famílias. Ao invés de pregar a união esta pregando a discórdia.

    Tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  4. A intolerância religiosa é um atentado a vida e a liberdade da pessoa humana...

    O Ceará que tem um histórico de lutas por liberdades continua escrevendo sua história bravamente. Junte-se a nossa luta...

    Nosso site WWW.ABRAVIPRE.ORG Facebook amigos da Abravipre

    ResponderExcluir
  5. Não entendo como uma religião que se diz cristã promova a tal ponto a desagregação familiar. Eles mesmos pregam que quem não ama seu irmão a quem tem visto, tampouco poderá amar a Deus a quem não vêem. Acho que estão indo longe demais, incentivam o ódio, o sectarismo, trazendo divisões, pois a família é a base da sociedade, uma instituição criada por Deus, a religião verdadeira promove a união e harmonia entre as pessoas, seguindo o mandamento de Cristo de amar o próximo como a si mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Ponham o video em ingles e não em espanhol. Ou legendem o vídeo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só preciso melhorar meu inglês para legendar. rsrsr

      Excluir
  7. Meu querido, tenho acompanhado suas publicações, que por sinal, são muitíssimas relevantes para esclarecer os indoutos, como eu, que não sei muito dos TJs, a não ser o que a maioria dos pastores sabem sobre alguns costumes, práticas e doutrinas. Se nos permite, gostaríamos de compartilhar os conteúdos que você publica, lógico, com as devidas citações de acordo com a ABNT. Deus o abençoe nesta tarefa árdua e espinhosa diante, talvez, de algumas ameaças e perseguições. Um abraço em Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pr. Flávio!

      Fique à vontade para compartilhar as publicações que desejar. Sobre ameaças e perseguições, ainda não sofri, fora alguns exaltados que comentam por aqui. Mas a gente toma todo o cuidado para sempre fazer as coisas dentro da lei, nunca dando brechas para acusações legítimas.

      Grande, amigo!

      Excluir
  8. Oi Lourival
    Esqueceu de mim?
    Procurei seu blog e não achava
    Abraços
    Minicontista2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorli!
      Não esqueci, moça! É que você tinha bloqueado os comentários...rsrs

      Abraços!

      Excluir
  9. Boa noite Lorisvaldo.
    Chocada, como podem falar tanto em amor, em Deus é agir assim. Sei que tem muitas pessoas boas seguindo essa religião e fico tristes por eles. Porque com certeza Deus é amor e não se agrada com algo assim. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Doentio... é como classifico o espírito que envolve todo este movimento religioso...
    Abraço! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  11. Bom trabalho expor os engodos dessa vou falar religião em vez de ceita pra não ofender. Parabéns

    ResponderExcluir